16 março 2015

Entrevista com André Vianco

     Fala, galera! Quem acompanha o blog já deve ter percebido que sou super fã do escritor André Vianco, então fica fácil imaginar o tamanho da minha alegria quando ele aceitou me conceder uma entrevista. =D Sério! Eu dava pulinhos de alegria, rs... Mandei uma mensagem como quem não quer nada, já esperando ser ignorada, mas ele foi muito atencioso comigo. Virei mais fã ainda. Mas então vamos lá conhecer um pouco mais sobre o autor e conferir esta entrevista mais que especial. Espero que todos gostem!

Escritor
André Vianco: escritor, roteirista e diretor de obras do gênero Fantástico e Terror. Escritor reconhecido e aclamado como um dos maiores nomes brasileiros quando tratamos de literatura fantástica e sobrenatural, André começou sua carreira bancando do próprio bolso seus primeiros livros. Foi somente em 2001 que a Editora Novo Século interessou-se por seu trabalho e republicou “Os Sete”, seu primeiro best-seller. Hoje, o autor possui diversas obras lançadas pelas Editoras Novo Século e Rocco.


1- Mesmo sendo um escritor jovem, você já possui diversas obras lançadas. Você encontrou dificuldades para conseguir publicar seu primeiro livro por uma editora?

Oi, Samantha! Uma satisfação estar aqui falando com você e com as leitoras e leitores do seu blog. Olha, começar uma carreira em literatura é algo sempre desafiador, foi muito difícil no começo, sim, mas isso acontece em muitas profissões, principalmente essas ligadas a arte. Você, no começo, ainda não sabe se é um escritor mesmo ou se só sonha que quer ser um escritor. Eu mandava meus originais para as editoras e sempre voltava uma resposta negativa. Um dia eu resolvi arriscar tudo (literalmente) publicando meu primeiro livro por minha conta. Peguei a grana de um FGTS e levei para a gráfica e voltei com a encomenda de 1.000 livros de “Os sete”. Foi ai que minha vida toda mudou.

2- Sabemos que muitos leitores brasileiros e até mesmo a crítica tecem diversas comparações entre o que é escrito no Brasil e no exterior. Como é, para um escritor nacional, lidar com estas comparações o tempo todo? Rola uma pressão?

Eu não sinto pressão, mas ela existe, sim, principalmente para quem está começando. O mercado de livros ficou muito mais competitivo agora, as editoras é que são cobradas a todo instante, é lançar um sucesso ou ir a falência, por conta disso cada vez mais os editores e editoras buscam autores consagrados, com um histórico de vendas bom ou apoiados por essas estruturas gigantescas de “franquias” como Divergente, Cinquenta tons de cinza, Jogos Vorazes e etc... Essas franquias são lançadas com grande investimento de marketing.

3- Você é a prova de que é possível encontrar literatura fantástica e de terror no Brasil com qualidade, inclusive ambientada em nosso cenário. Quais são suas inspirações? O que você anda lendo no momento?

Obrigado pelo voto de confiança, Samantha, hahaha. Minhas inspirações vêm de diversas fontes. Sempre fui um leitor voraz, lia de tudo. Eu sempre aconselho aqueles que tem vontade de escrever ficção e fantasia a também explorarem outros gêneros da literatura, desde os clássicos aos biográficos. Se você gosta de terror e só lê terror corre o risco de ficar monotônico. Ultimamente eu ando lendo Gogol e Tchecov, seus trabalhos de dramaturgia, estou nessa jornada de entender melhor a dramaturgia e está sendo muito benéfico para mim, pois além de escritor sou também roteirista e amigo das letras. Voltando a falar das inspirações, outros canais de alimentar a minha alma foram o cinema, a TV e os vídeo-games.

4- Ok, esta é uma pergunta inútil, mas mate-me uma curiosidade: você é ou já foi jogador de RPG? Rs...

Hahahaha! É muito comum me perguntarem isso e até vi num post seu você abordando o assunto e apostando suas fichas no fato de eu ser um jogador de RPG. Espero que não fiquemos de mal aqui, mas eu NUNCA joguei RPG! Na verdade isso é uma pena, porque eu gosto muito dos meus leitores entusiastas. Acho que essa confusão se dá pela minha liberdade criativa quando estou escrevendo fantasia e terror, é preciso ser livre e os mestres de RPG, apesar das regras, precisam ser muito criativos. Muitos leitores usam minhas obras para mestrar partidas e coisa e tal. Inclusive, meu próximo livro, Dartana, vai ser um prato cheio para quem gosta e joga RPG, muita gente vai ficar doidinha para mestrar partidas com os cenários desse novo livro.

·   * Chocada com a resposta negativa hahahahaha! Eu poderia jurar que ele iria responder que sim!

5- Quais seriam os ingredientes fundamentais para escrever uma história sinônimo de sucesso?

Não existe receita do sucesso. O ingrediente principal é sensibilidade, eu acho. Depois vem talento para narrar. Ai você põe uma boa dose de criatividade e porções de estilos e estruturas a gosto, tempere com um gênero saboroso, não pare de mexer até que esteja no ponto e voi lá, terá uma boa história para apresentar ao seu público leitor. O sucesso vem com uma sequência de tentativas e muita persistência.

6- Como surgiu a vontade/inspiração para iniciar uma série infanto juvenil e como foi a receptividade deste novo público?

A vontade veio de casa. Eu posso não jogar RPG, mas procrio que é uma beleza, então, em casa eu tenho três meninas que são o meu tesouro. Eu sempre fui muito papaizão, de ficar em casa cantando musiquinha e contando historinhas para elas na hora de dormir. Elas adoravam. Então eu quis contar as histórias de Pedro e Bia, da coleção Meu querido monstrinho que saiu pela Rocco. Eu já tinha lançado um livro no passado que já namorava com o infantil, apesar de ser um grande drama disfarçado de fábula que foi o sensacional “O caminho do poço das lágrimas”, que é uma história que inventei para minhas filhas para explicar para elas a morte, sem que a morte fosse necessariamente uma vilã, a morte, por mais antagônico que pareça, faz parte da vida.

7- Quais são as maiores diferenças entre escrever para o público adulto e o infantil?

A conexão. Quando você está escrevendo precisa se conectar com seu público leitor. Então para escrever para crianças eu tive dificuldade a princípio para me conectar com o André criança de novo.

8- O que podemos esperar de novidades? Quais são seus próximos projetos?

Como disse acabei um novo livro que se chama “Dartana” e deverá ser publicado pela Rocco ainda esse ano de 2015. Depois dele volto a escrever a saga “As crônicas do fim do mundo”, onde tem muita coisa para acontecer com o sargento Cássio Porto e a vampira Raquel. A cidade de São Paulo acaba de ser abandonada por conta de um apocalipse com vampiros. Também estou trabalhando intensamente na minha produtora Criamundos para produzir meu primeiro longa metragem. Tem muita coisa boa vindo por ai.

9- Gostaria de agradecer muito, André, por ter me concedido esta entrevista, mesmo sendo o meu um blog literário ainda iniciante e sem grande notoriedade. Para finalizar, deixe um recado para os leitores do Prosas de Menina.

Samantha, não importa o tamanho do seu blog! O que importa é o quanto você gosta de literatura e o quanto o seu blog promove de livros. Esse nosso país precisa de mais leitores, de mais gente interessada em entender e devorar literatura e você é uma pessoa que ajuda esse processo. Muito sucesso para você em sua vida e para o seu blog! Beijos!

54 comentários:

  1. Adoro os livros do André, tenho um , sua escrita nos envolve do começo ao fim. ótima entrevista, que sorte a nossa que ele decidiu bancar sozinho seu primeiro livro. Coragem e muito talento . ótimos projetos pela frente e lançamentos a vista. Vou aguardar lançamento pela Rocco. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra você ver, às vezes só o que nos falta na vida é um pouco de coragem mesmo pra correr atrás dos nossos sonhos. =D

      Excluir
  2. Samatha, muito obrigada pelo seu post, sério! Mesmo que eu nunca tivesse ouvido falar no André até agora, as dicas dele me foram muito úteis. Estou escrevendo minha própria história, pretende seguir os passos dele, e é sempre bom saber mais sobre esses bastidores...
    Um beijinho,
    Mona
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é ótimo, Monalisa! Como escritor e como pessoa. Fico muito feliz que tenha gostado! =D Beijos!

      Excluir
  3. Olá, Samantha!
    Adorei a entrevista!!!! Sensacional!! Amo o estilo e as histórias do Vianco! Sou super fã dele e me considero muito sortuda por tê-lo conhecido pessoalmente e ter seus livros autografados =D
    Muito boa entrevista, excelentes perguntas!!!!
    Bjão =*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou super fã! Infelizmente ainda não tive a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente, mas este dia ainda vai chegar! Rs.... Beijos!

      Excluir
  4. Oii, tudo bem?
    Acho que já falei né? Preciso ler Vianco antes que meu cunhado me mate kkkkk!
    Mas nossa! Parabéns pela entrevista! AMEI! E me deu mais vontade ainda de ler os livros dele!
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz mesmo quando alguém diz que gostou! Este tipo de comentário é muito importante para dar ânimo de prosseguir com o blog! Beijos!

      Excluir
  5. Oieee
    Adoraaaava fazer entrevista com os autores, saudades disso.
    Tenho um livro do Andre aqui em casa, autografado pois ele estava em uma tarde de autografos aqui na minha cidade.
    Infelizmente a leitura não fluiu e eu acabei desistindo, achei arrastado demais.
    Super beijo
    Gio - Clube das 6
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As vezes o começo de algum livro se arrasta e o final é surpreendente, por isto tento nunca abandonar nada. Aconteceu isso comigo com o Inferno, do Dan Brown. O começo foi sofrível, mas o fim foi um dos melhores que eu já li. Tente dar mais uma chance ao livro! ;)

      Excluir
  6. Primeiro, parabéns pela entrevista. É bom saber que os autores não são inacessíveis.

    Eu ainda não li nada do André, então para mim foi uma chance de conhecê-lo. Às vezes eu fico muito presa aos livros estrangeiros, mas tenho que voltar meus olhos para os nacionais. Tem muita gente boa aqui.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem mesmo, Nilda! Eu tenho buscado conhecer mais coisas novas nacionais e estou me surpreendendo muito positivamente com algumas coisas que encontro. Beijos!

      Excluir
  7. Eu conheço muito pouco desse autor, mas sempre me indicaram os livros dele. É uma pena que ele não seja do meu genêro literário favorito, mas com certeza um dia eu vou ler alguma coisa dele.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê uma chance, às vezes nos surpreendemos quando deixamos nossa zona de conforto pra conhecer coisas novas!

      Excluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu nunca li nada desse autor, mas só vejo comentários positivos sobre ele, então tenho uma grande curiosidade em conhecer algum dos seus livros, mais ainda depois de ler essa entrevista incrível, adorei as suas perguntas e as respostas do autor também, o mesmo parece ser muito atencioso e simpático, por isso já me conquistou e logo terá uma nova leitora oo/ Enfim, parabéns pela ótima entrevista, continue trazendo mais aqui no blog o/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Larissa! Tenho muitos autores ainda que gostaria de entrevistas, tudo vai depender de se todos eles serão assim tão simpáticos como o André foi em me responder, rs... Beijos!

      Excluir
  9. Ahhhhhhhh mas que incrivel!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Parabenssss lindona pela entrevista e como ele é simpatico!!! ameiiiii...


    beijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! =D Ele é demais! Eu já era fã e agora me tornei mais ainda. beijos!

      Excluir
  10. Oi, tudo bem?
    Não conhecia muito o autor, só de nome mesmo, então adorei saber um pouco mais sobre ele. Infelizmente publicar no Brasil não é fácil, essa é a principal reclamação que vejo de todos os escritores. E ele foi corajoso mesmo, investindo seu FGTS nesse sonho, principalmente, considerando o preconceito que ainda existe contra obras nacionais. Mas nenhum sonho pode um dia se realizar sem sacrifícios, rs.
    Adorei sua reação a resposta do autor sobre o RPG, kkkkk
    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa história dele me inspirou demais a acreditar um pouco mais nos meus sonhos. Às vezes as coisas deixam de acontecer por causa de nosso próprio comodismo. Precisamos ser mais corajosos! =D Beijos!

      Excluir
  11. Amo os livros desse autor...amo. Demorei anos até comprar a coleção quase toda dele, explicando. Demorei anos até poder, quando pude comprei 12 livros de uma vez só. É uma delícia ler os vampiros de Vianco.
    Amei a entrevista, na verdade nunca li nenhuma entrevista dele em nenhum blog. =/
    Eu inclusive já solicitei entrevistá-lo algumas vezes, mas nunca obtive retorno do mesmo. Isso me decepcionou muito enquanto fã e leitora. Mas é a vida. Algumas vezes o autor se torna inacessível ao leitor, direito dele.
    Beijos, parabéns por uma entrevista com perguntas tão criativas.
    Vivi
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que estranho, pois ele foi muito simpático e acessível comigo! Mandei uma mensagem via facebook e ele rapidamente me respondeu. Quais meios de contato você tentou? Beijos!

      Excluir
  12. Oie, tudo bom?
    Nunca li nada do autor e nem sou uma leitora do seu gênero, mas achei a entrevista muito bacana. Ele é um cara bem inteligente e foi bem corajoso ao investir na carreira da forma com que ele investiu.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei a história de coragem dele um exemplo. Beijos!

      Excluir
  13. Olá
    Nunca li nada do autor e não costumo ler nada do gênero também, mas parece ser bem interessante e super elogiam a escrita dele, os livros e tudo mais.
    A entrevista está ótima.

    Beijos
    Catharina
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que mais gosto nas obras dele é que tratam de personagens clássicos, como os vampiros, sem ser só mais um monte de clichês. Adoro! Beijos!

      Excluir
  14. Essa interação leitor-escritor é tão legal! Conhecer o universo de quem escreve.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente! Adoro ler entrevistas de autores que admiro. Beijos!

      Excluir
  15. Oie, Samantha!
    Parabéns! Que massa você ter conseguido essa entrevista! Parabens mesmo! Sei o quanto é gratificante ver um autor que amamos concordar em ser entrevistado. Eu fiquei muito feliz quando o Patrick Rothfuss topou! Quanto ao Andre, admiro bastante ele como pessoa e pretendo admirá-lo como autor. Ainda não li qualquer uma de suas obras, mas pretendo corrigir o erro.
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Celly! Você não imagina como fiquei feliz hahahahaha E leia sim, tenho certeza de que você irá adorar! Beijos!!!

      Excluir
  16. Que bacana sua entrevista Samantha! Eu posso não ter me dado muito bem com o estilo de escrita do André, mas não posso negar seu talento. Adoro autores abertos e simpáticos e isso o André mostrou que também é! Fiquei muito feliz em descobrir isso!

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é puxando o saco, mas ele é ótimo! Passei a admirá-lo ainda mais.

      Excluir
  17. Oi Samantha, ainda não li nenhum dos livros do André. Uma pena. Gostei da oportunidade de conhecê-lo um pouco mais, e concordo com a descrição que ele fez sobre um enredo de sucesso.
    Bjs, Rose.
    Fábrica dos Convites

    ResponderExcluir
  18. Nossa, que bacana você ter conseguido essa entrevista
    Nunca li nada do autor, mas já ouvi falar do livro dele
    E depois dessa entrevista, fiquei bem curiosa em conhecer o trabalho dele
    Já estou seguindo ;)

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adorei ter conseguido! Rs... Vou fazer o possível pra continuar trazendo este tipo de conteúdo pro blog. Beijos!

      Excluir
  19. Somente uma palavra para descrever esta entrevista: FANTÁSTICA
    Ele é muito sincero em suas palavras, e eu amei ele como pessoa, apesar de nunca ter lido nenhum livro (preciso providenciar isso logo). Amei o recado dele, e acho isso importante nos Blogs literários, principalmente num país como o Brasil, nossa importância é única, pois é através de nós blogueiros que as pessoas se interessam pelos livros, seja por modinha, pelo que for, e acabam se apaixonando quando acham o gênero certo, a história mais envolvente de suas vidas, em fim. Mto boa entrevista. Parabéns.

    http://meninadeparis.com

    Beijos

    Dayana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigada, Dayana! Comentários como o seu me incentivam muito a continuar com o blog! =D Beijos!

      Excluir
  20. Caraca poxa, não sabia que ele é o autor do livro Os Sete, sou louca para ler este livro kkk. Mas enfim, amei a entrevista e a simpatia do autor. Parecia que estava vendo uma confessa casual :D. Amo entrevistas para conhecer mais sobre o autor e amei esta.
    Beijos, sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!! =D Vou tentar investir mais em conteúdos como este para o blog! Beijos!!!

      Excluir
  21. Entrevista com André Vianco, que tudo !!! Suas perguntas foram bem originais, você esta de parabéns. As vezes ficamos apreensivas na hora de solicitar entrevista com autores mais famosos , justamente por medo de uma negativa ou pior um descaso por parte do autor, mas pelo que você contou ele foi muito simpático e com certeza já conquistou o meu respeito. Muito sucesso para ti e para ele também.

    http://leiturasdamary.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Mary! Ele foi mesmo muito simpático comigo. Eu confesso que estava morrendo de medo dele nem me responder hahahaah Mas o pior que poderia acontecer era ele me ignorar né? Então resolvi tentar e deu certo! =D

      Excluir
  22. Oi Samantha!
    Que gracinha essa entrevista.
    Fiquei encantada com o carinho com que o autor respondeu as suas perguntas.
    Ainda não li nada dele, mas sempre tive curiosidade.

    Beijos
    Carolina
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, Carolina! Tenho certeza de que irá adorar. Ele é ótimo. Beijos!

      Excluir
  23. Oiee, tudo bem?

    André é uma referencia entre os autores nacionais. Parabéns pela entrevista. Ele pareceu super simático e solicito. Uma vampira com o meu nome??? QUE MÁXIMO! Dificil achar livros com Raquel como protagonista

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahaha Verdade! Agora você imagina Samantha. Não tem nenhuma hahahahaha Beijos!

      Excluir
  24. Oi, Samantha! Cara, você deve estar nas nuvens, né? *-* Se eu entrevistasse um dos meus escritores preferidos eu estaria muito doidona de adrenalina HAHAHA. Adorei a entrevista, soou muito fluída e conectada. Gostei da pergunta sobre o RPG, achei-a inusitada! Parabéns! :)

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nina, você nem imagina minha felicidade, rs... Fiquei uma meia hora olhando pra mensagem super eufórica quando ele respondeu. Parecia aquelas crianças que comeram açúcar o dia todo e aí não conseguem ficar quietas hahahahahahah Beijos!

      Excluir
  25. Olá =)

    É tão bom quando os autores que somos fãs nos respondem né? Acho isso incrível! Parabéns pela entrevista, ouço muitos elogios sobre o autor, mas não li nada ainda dele. Fiquei com vontade de conhecer agora depois dessa entrevista!

    Beijos, Rob
    http://www.estantedarob.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!! =D E pode ler, que você irá adorar! Beijos!

      Excluir
  26. Parabéns pela entrevista! Perguntas muito criativas. Apesar de não gostar do gênero literário do autor, eu gostei muito das respostas dele. Realmente é pra estar muito feliz de ter conseguido essa entrevista.

    ResponderExcluir